Dinamarca torna-se líder no combate ao desperdício alimentar

Fonte: http://www.netresiduos.com/content.aspx?menuid=134&eid=3811&bl=1&page=2
Idioma: Português – Portugal
Publicação: 19/07/2016

A redução do desperdício alimentar está a ter grande sucesso entre os dinamarqueses, através de vários equipamentos sob a forma de bancos alimentares assim como cozinhas e supermercados especializados. Nas lojas da Bo Welfare, um projeto de habitação social, os utentes pagam cerca de 2,40 euros por um saco reutilizável para depois encherem com o que quiserem. Os voluntários que gerem a loja recolhem, duas vezes por semana, vegetais que estejam com embalagens danificadas ou cujo prazo de validade está a terminar.

Estas iniciativas fazem parte de um movimento de cidadãos para ajudar a Dinamarca a reduzir o desperdício alimentar em um quarto, relativamente aos valores de 2014. Esta loja em particular serve 100 a 150 pessoas na localidade de Horsen e a clientela consiste na sua maioria em refugiados e pessoas que estejam a receber benefícios sociais.

A Dinamarca têm atualmente mais iniciativas contra o desperdício alimentar do que qualquer estado europeu. Estas iniciativas incluem campanhas de sensibilização e subsídios do governo para projetos de controlo de desperdício alimentar. O esforço feito pelo lobby Stop Spild Af Mad (Parem de desperdiçar comida) contribuiu para a proliferação destas iniciativas e assim aproxima a Dinamarca dos seus objetivos relativos ao desperdício alimentar.

SHARE IT: